o brincar é a solução para todos os problemas do mundo. É sério.

Pesquisas científicas seríssimas já apontam os efeitos a longo prazo do brincar na educação infantil. Programas que incluíram mais brincar livre na educação infantil comprovam efeitos a longo prazo quase inacreditáveis em termos de inclusão social, diminuição da pobreza, da disparidade social, da criminalidade, da gravidez precoce, da evasão escolar e do déficit de aprendizagem.

Cada dólar investido no brincar na educação infantil retorna em até 300 dólares na vida adulta. Os dados indicam que o brincar livre reflete em 42% de aumento na renda, 44% de aumento no percentual de graduações e 17% de aumento em graduações em terceiro grau.

Captura de Tela 2021-09-06 às 13.42.35.png
Captura de Tela 2021-09-06 às 13.46.27.png

Acreditamos que o resgate à essência mais pura da criança livre é a mais potente ferramenta de desenvolvimento das habilidades que serão necessárias na vida social a curto prazo, num mundo onde a inteligência artificial vai predominar e apenas poucos seres humanos terão capacidade de não serem substituídos por máquinas.

O brincar livre desenvolve as capacidades essencialmente humana nas crianças, como criatividade, coragem, cautela, resiliência, respeito ao outro, empatia, posicionamento, definição e execução de estratégias, capacidade de gerenciamento de riscos e habilidades para resolução de problemas.

Além disso, o livre brincar ao ar livre é considerado a melhor ferramenta para combater de forma rápida e eficiente os maiores problemas atuais da infância: obesidade, vício em telas, ansiedade e depressão. Ainda, no âmbito social, projetos de espaços de brincar bem pensados como os da Eba promovem inclusão, cidadania e aumentam a auto estima e a sensação de pertencimento de toda a comunidade em seu em torno, propiciando uma convivência saudável e maior interação e afeto entre crianças e seus cuidadores.
 

PI_infographic-Portuguese.png